sábado, 27 de novembro de 2010

Excola

                                


Aqueles que avaliam
Às vezes avariam.
E quem tratará
Dessas sequelas?

Lançados ao mundo
Os gados marcados
Comerão apenas ração

No hospital podre
Da carência e vício
Terão drogas genéricas
Em abundância
Para a pseudo cura
Das suas feridas.

Que tipo de legado
Nos deixam
Alguns sábios senhores?


Jairo Cerqueira

13 comentários:

Sérgio Araújo disse...

Grande, Jairo. Talvez Foucault tenha razão. Genealogia do saber.

Graça Graúna disse...

Querido Jairo: a ferida social parece não ter cura. Os ricos mais poderosos, os pobres mais miseráveis em meio a ganancia de uma minoria que esmaga a grande maioria que sobrevive na pirâmide social.
Paz e bem,
Graça Graunaditra

Bípede Falante disse...

Poucas coisas do que nos deixam merecem ser abraçadas, infelizmente.
beijo :)

Lou Albergaria disse...

Maravilhoso post!

Sempre contestador, transgressor e denunciando as mazelas que nos assombram...

Perfeito!

BEIJOS!!!

Saudades de ti!

Srta_cruz disse...

quando recorri a alguns senhores o legado que me deram foi de que talvez eu fosse me ferrar na vida e que provavelmente eu ia fazer isso sozinha...
prefiro não acreditar em legados, seria como pôr a chave da nossa felicidade nas mãos de outrém...

Jairo Cerqueira disse...

Valeu, Sérgio!!

Jairo Cerqueira disse...

Sua presença é um luxo, Graúna.
Paz em Ñanderu!

Jairo Cerqueira disse...

Isso é fato, Bípede.
Bjs.

Jairo Cerqueira disse...

Valeu, Lu.
Saudades de ti.
Bjs.

Jairo Cerqueira disse...

Cpncordo plenamente, Kelly.
É isso aí!

Marcio Nicolau disse...

nos deixam relegados, legiões de ignorantes aos quais o saber foi negado.

Gostei do teu blogue.

Jairo Cerqueira disse...

Gostei, Marcio: nos deixam relegados.
É isso aí, meu velho.

Ianê Mello disse...

Caramba, amigo!
Lamento o tempo que estive longe daqui. Perdoe.

Não acontecerá mais.
Belíssimo!

Bjs.